PÁGINA ABERTA.COM

Exportações de carne bovina despencam no governo Lula


 As exportações de carne bovina despencaram no primeiro quadrimestre de 2023, que marca o início do governo Lula. A Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) divulgou os dados nesta terça-feira, 9. Neste ano, o país enfrentou a suspensão de parte dos embarques, em razão de um caso de vaca louca descoberto na Região Norte. 


Os dados da Abrafrigo mostram que houve queda do volume, da receita e do preço médio por tonelada de carne bovina exportada nos quatro primeiros meses do governo Lula. Durante o período, o Brasil faturou pouco menos de US$3 bilhões com os embarques. Ao todo, as cargas somaram 640 mil toneladas. Assim, o preço médio foi de US$ 4,50 por quilograma (kg).

Um ano antes, o faturamento com as vendas ao mercado externo fechou em praticamente US$ 4 bilhões. A carga embarcada foi de 729 mil toneladas — por volta de US$ 5,50 por kg. Ou seja: as quedas de um período para o outro chegaram a 28%, 12% e 18%, respectivamente.

Exportações de carne bovina, China e o governo Lula
Neste ano, o Brasil enfrentou problemas com seu maior cliente para proteína bovina, a China. Um caso de vaca louca em uma fazenda no Pará, registrado em 22 de fevereiro, paralisou os embarques do setor para o gigante asiático.

Em razão de um acordo com os chineses, os brasileiros são obrigados a suspender as exportações para o gigante asiático sempre que um caso da doença for descoberto no Brasil. A retomada depende do aval das autoridades da China.

A grande preocupação por traz do acordo é conter a forma clássica da doença — transmissível e fatal. O caso paraense, entretanto, tratou-se de uma versão atípica, que não se transmite e surge de forma espontânea no animal, similar ao desenvolvimento do Alzheimer nos seres humanos.

A Organização Mundial de Saúde Animal deu o assunto como encerrado em 6 de abril, quando atestou tratar-se de um caso atípico da doença. Ainda assim, os chineses autorizaram a retomada das exportações apenas em 23 de março, quando Carlos Fávaro, ministro da Agricultura do governo Lula, esteve em sua primeira missão oficial na China.

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

ÓTICAS LIDER EM AFONSO BEZERRA-RN

Instagram: @oticasliderab