PÁGINA ABERTA.COM

URGENTE: RN tem dois pacientes isolados com suspeita de doença contagiosa e grave, Saúde apreensiva.

 


Doença grave e infecciosa, o mormo pode ter atingido duas pessoas no Rio Grande do Norte. A informação foi divulgada pela jornalista Juliana Celli. Os pacientes suspeitos estão isolados e submetendo a uma série de exames. 

O mormo é uma zoonose infectocontagiosa que atinge equinos (cavalos, burros e mulas) e pode ser transmitida a outros animais e ao ser humano por meio de contatos com animais infectados. 

"Dois pacientes estão isolados e se submetem a uma série de exames para confirmar a suspeita  de terem contraído Mormo, uma doença infectocontagiosa transmitida a humanos pelo contato com animais infectados – sobretudo equinos. Os dois pacientes trabalham em contato com equinos. A Secretaria Estadual de Saúde disse que comunicará informações em breve", escreveu a jornalista.  

Dados da Clínica e Laboratório Saffary, credenciada pelo Ministério de Agricultura e Pecuária, mostraram que o RN registrou 23 casos positivos da doença mormo em animais, no mês passado, distribuídos em nove municípios, em 45 dias. Treze fazendas foram interditadas. O número de casos da zoonose - que atinge principalmente equídeos, como cavalos, jumentos, etc - equivale ao registrado nos últimos sete anos em território potiguar, o que levantou a suspeita nos humanos. 

No ser humano, os sintomas gerais são febre, dores musculares, dor no peito, rigidez muscular e cefaleia. Podem ainda ocorrer lacrimejamento excessivo, sensibilidade à luz e diarreia. Não há vacina disponível contra a doença e ela pode levar a morte de 90% das pessoas contaminadas. A prevenção envolve a identificação e eutanásia do animal infectado.

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

ÓTICAS LIDER EM AFONSO BEZERRA-RN

Instagram: @oticasliderab